quarta-feira, setembro 02, 2009

Liza Vazi

(tirei esta em um trabalho com três amigos, me chamou a atenção a maestria do reflexo e do convite)

por Rafael Belo

Vazaram os sentimentos em uma nascente de liberdade. E ela estava vazando todos de uma vez sem preconceito sem rejeição. Era preciso. Soltou as amarras da sua vida. Era território completamente desconhecido. Tirar o dentro pra fora. Nada de fugas desta vez. Enfrentaria e não voltaria atrás. Pelo menos era o pensamento fixo que a tomara. Liza Vazi andava só com seus papéis e a cada passo sorria mais e chorava mais. Era um misto sentimental inexpressível em palavras mas super claro.

Quem passava via uma jovem sem juventude com vários livros, HQ’s e cadernos de anotações fortemente pressionados sobre o peito, o rosto vazado dos olhos de mel escuro com uma sombra prateada manchada pelas várias horas de caminhada sob o frio daquele domingo primeiro, os dentes superiores para fora mordendo os lábios inferiores e muita determinação naqueles 16 centímetros a mais de meio metro de pessoa de pele amarelada. Magrinha que só pena do vento para ela não decolar. Quem disse que esta não era a vontade dela? E se a medisse por dentro... Bem, veriam ser impossível usar de medição!

Quero decolar. Tenho antes de encontrar minha pista de voo. Minhas manobras começaram. Como um salto do vigésimo andar para perder minhas asas forçadas da paternidade. Cara, eu não sou um ideal de gente. Nem quero poder ser. Mãe, pai me desculpem ais a filhinha queridinha aqui sabe quem é antes de vocês aos 30 e muitos. Cansei de ser tratada pela minha idade e vocês dizerem: “madura demais, criança!” Criança?! Pelo amor! Escolham palavras melhores. Espero saberem da minha partida, não fuga, ser necessária. Posso ter 15, mas meus 15 valem o 21 de vocês e olha que vocês nem chagaram lá ainda. Podia ter deixado uma carta assim. Não quis. Fui clara “um dia eu volto. Amo vocês. Smack smack , smack smack. Uma bela olhada nos dois esmagador abraço, outra olhada e até. “Vocês fizeram o possível. Agora é comigo!”

Sou Liza Vazi. LIZA VAZI. Grande coisa para mim. Posso não viver do meu sonho, mas tentarei até o fim. Houve sempre algo me atraindo para isto. Este momento. Agora nele não tenho pressa. Não mais. Cadê meu espelho? Aí está você sua monstrinha bela! Espero não aparecer na tevê. Nada de muita maturidade. Isto seria mostrar que sou totalmente madura. Pode ser pra minha idade até demais. Idade não é problema eu sei segurar minha mente. Mesmo pesada.

Minha liberdade chora. Como se fosse o doutor Frankenstein, mas com quase as próprias palavras. “I’m alive! Finally!” Pouco pretensiosa no linguajar estrangeiro como se fosse “ás” das línguas. Passando as mãos nas capas das minhas outras liberdades escreverei estas histórias com minha aquarela. As mulheres têm de criar seus próprios personagens nos quadrinhos. “Vazante”, dona das lágrimas da vida, da força e da leveza pra voar. Agora, onde está minha pista de manobras?!

14 comentários:

La Sorcière disse...

Adorei!!!!!
Muito louco!!!!
Muito muito bom!!!
Saudade de vc!
Bj

☆ Sandra C. disse...

eu sou Liza Vazi?
e tô vazaaaando...



não antes de dizer que esse post.. nossa.. acho que foi o mais belo que escreveste até então, pelo menos o mais inspirado que pude ler. e a foto, deus.. que momento!

inspirador, Rafael. muito mesmo. me tocou profundamente,

Rafael Belo disse...

OO LEzinha obrigaduuu querida! Saudades suas tb bj

Rafael Belo disse...

QUe ótimo Drinha linda. Ah este Grito de Liza Vazi em todos nós. Aumentarei a vida dela para um conto hehehe Me ajudaste a isto beijos querida

Mônica disse...

É, muitas vezes deixamos de viver as coisas por medo de elas não darem certo; não expressamos sentimentos por medo de não sermos correspondidos... Foi isso que senti ao ler o texto.

Bjs, Rafa.

Déia disse...

Amei! Que foto linda!

Eu sou "Andrea" e vou decolar, voar, viver e me libertar!
bj

Rafael Belo disse...

Tem isto, também ,linda Nikinha... Beijos .

Rafael Belo disse...

Livres pessoas, pessoas livres, nós, desnós, beijos "Déa"

Belle disse...

Sou Liza Vazi. LIZA VAZI...
P/ variar vc com suas misturas sensacionais hein!!!
Ficou mto bom esse texto...
E viva a liberdade de expressão ;)
Bjos e um ótimo fds e feriado!!!

Rafael Belo disse...

Viva a Liberdade, vivam as expressões! Uhuu Bellinha bela, beijos linda, ótimo fim de semana

juliana disse...

Grandes por dentro, pequenos por fora, nos tornando incapazes aos olhos do outro, muitas vezes nos influenciando para desistir, exatamente como ando me sentindo rafaa, perfeitoo ;D
beijoss ;*

Rafael Belo disse...

tua grandiosidade e inteligência são maiores, Juzinha, e é muito mais forte do que pensas. beijos linda

Jamylle Bezerra disse...

Noooossaaa! Olhando bem no reflexo da foto parece ter uma pessoa! Mt boa. Belo texto tb, claro! :)

Rafael Belo disse...

Será que tem...? Obrigado, JAmy linda. bj