segunda-feira, maio 17, 2010

* Meu desconhecido

8 a terra do quintal de casa... captei e toquei...


por Rafael Belo

*A terra entre minha mão, escorrendo nos dedos e o cheiro de vento pelo vento. Como se eu me banhasse na característica de onde estou. Sentindo o lugar, trazendo minha alma de um fuso horário próprio tão meu para esta presença absoluta de um não lugar. Observar os arredores e pormenores, fechar os olhos, pender a cabeça para as costas e esvaziar para me preencher daquele momento. Nada de julgar ou me influenciar. Tem de ser puro pelo menos para mim. Este ritual faz parte de mim e até então só eu sabia.

Ver fotografia em uma desconstrução poética e cada encontro, desencontro, conversa ter um início de uma futura obra literária. Mais algo de mim no geral desconhecido. Intuitivamente querer ajudar, partilhar, compartilhar com o próximo ou o distante o ínfimo do meu ‘saber’. Para completar seu segundo desconhecimento da minha pessoa com um terceiro, eis o motivo de eu decidir escrever quando criança: trocar experiências/compartilhar.

Então vem o silêncio. Meu silêncio. Não falo de terceiros não presentes e mediante insistência me calo. Silencio também para me abster ou para absorver várias coisas simultaneamente. Minha identidade me diferencia principalmente pelo próximo quinto fator de qualificação paradoxal. O fato de eu não me apegar a nada e ninguém com facilidade, mas me sociabilizar facilmente. Não significa eu ser fechado, sou um livro totalmente aberto, basta perguntar. Tenho pra mim, ser isto uma facilitação para quando eu paro de dar sinais temporariamente – e é meu feitio.

Para completar, aonde quer que eu vá, não me importa o lugar. Importam as pessoas. Para eu me entregar ao lugar e realmente curtir a música, a interação e as pessoas, ‘precisam ser muito bons’. Aí me dizem travado. Bom, eu desminto profundamente. Se o clima me agrada, acabo me tornando o lugar. A entrega é verdadeira. Nada disso quer dizer: “não gostei deste ou daquele show”. Quer dizer simplesmente: “Eu não me entrego às expectativas”.

_________________________________________________________________
*(Este texto foi escrito para a ‘grande’ e talentosa Naty Araújo do Blog  que me inclui entre suas pessoas queridas e portanto escrevi ‘seis’ coisas que não sabiam sobre mim. E repasso para outras seis pessoas que me são queridas: a virtuosa e emblemática Lelezinha ; a verdadeira e talentosa Jamy  ; a magnífica e visceral Mai  ; a amada e multifacetada De  ; a presente/ausente e sagaz Is e a bem-humorada e sincera Kellen  – Nos revelem seis coisas sobre vocês que ninguém sabe - se possível nos seus blog:)

14 comentários:

La Sorcière disse...

Depois de ler seu texto, como vou poder escrever???? É covardia!!!!!
Gente... e agora?
bateu uma insegurança! O poeta é vc baby... eu sou só a moça q lê livros demais...
Bj

Mai disse...

Só você, Rafael, me faria tal proposta.
1 - Eu subverto regras muito facilmente, sobretudo se não houverem consequências na transgressão. Então (por conta disto) responderei aqui mesmo.
2 - Meu nome é Sueli Maia e Mai foi um apelido que crianças me puseram e, coincidentemente é parte do meu sobrenome.
3 - Já cantei nas noites e adoro música.
4 - Sou tiete do Djavan, dessas que vai ao camarim
5 - Sou artista plástica e psicóloga de formação.
6 - Não gostava de memes.

Você, hein???

beijo

Deise Anne disse...

adorei a proposta!!! rsrs
6 coisas que ninguém sabe a meu respeito é difícil, mas vamos ver:

1- eu já quis muito ser freira;
2- já participei da ujs (união da juventude socialista);
3- tive uma banda de rock quando estava no ensino médio e andava sempre de preto;
4- já cantei em trio elétrico e num estádio de futebol;
5- já fui gordinha;
6- sempre olho a embalagem dos alimentos pra saber a quantidade de calorias vou consumir pra poder compensar na próxima refeição.

Foi difícil, mas acho que essas coisas vc não sabia...
Beijo Rafa Belo! Ótima semana!!! :)

Suelen Braga disse...

Oi Rafaelll, eu recebi a incumbência de indicar 10 blogs p receber o selo blog de ouro e o seu foi um dos indicados, simplesmente adoro estar aqui, adoro a forma como você vê as coisas, seus post, as imagens, enfim...o seu blog =)
Você não precisa postar o selo, mas fica aí minha indicação em forma de carinho e admiração pelo seu blog

Beijo grande =*

Kellen Rodrigues disse...

Mas é pra responder por aqui ou no blog?

Não entendi hehehe

Naty Araújo disse...

Por que será que vc tinha que colocar aspas no "grande", heim?
Ahhh vc me paga rsrsrsrsrs... Só pq sou baixinha kkkkkkk.
Adorei, ficou show a tua.
Eu não sei não, heim... ou não leram ou não entenderam a proposta rsrs.
Era no blog delas e não no seu haha.

Eu sumi mesmo, né?
Com muito custo consegui abrir meu blog, tá lenta a net ainda, tá péssima demais.
Quero ler as tuas histórias, mande-me depois.

Déia disse...

É da terra que vem nossa energia da vida!!!

bj

Rafael Belo disse...

Querida Lelezinha rs, escreva á sua maneira rsrsrs "Don't 'Worry'" hehehe obrigado;

Que ótim osaber mais de ti Mai :D, obrigadooo rs;

É Dezinha, bela... Não sabia rs bom saber hehehe agradecido ;

reverencio seu carinho, linda Su B, logo postarei ali no lado esquerdo teu querida presente;

Kell rs no seu... rsrs;

Obrigado Naty rsrs é só meia zuação por isso coloquei uma aspa de cada lado, pq vc é grandiosa por dentro... ok ok bjs rsrsrs;

Afagar a Terra...Sim Déa, bj

Jamylle Bezerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jamylle Bezerra disse...

1 - Adoro pizza e odeio boate
2 - Morro de medo de barata
3 - Sonho em comprar um apartamento
4 - Não resisto a uma promoção
5 - Prefiro o silêncio à falação
6 - O blog para mim é uma terapia


Obrigada pro lembrar de mim Rafa. Esses dias têm sido corridos pra mim, mas em junho tudo volta ao normal e eu prometo estar mais presente por aqui.

Boa semana pra vc!!!!!

Nanda disse...

Ei Rafael,

Sou amiga da Alê :)

Vi o post dela e vim aqui conferir o seu, gostei muito.

Você escreve de uma maneira tão linda e tão suave, vou sofrer para escrever o meu rs

bjo e muito prazer ^^
Nanda.

Rafael Belo disse...

Oo Jamy, com ote esquecer querida?! Te aguardo... Obrigado por participar :D;

Prazer Nanda, bom ter vc por aqui, obrigado pelas palavras, beijos.

Kézia Lôbo disse...

Ja sabe neh te conheci pelo blog da Alê e ela tem razao vc escreve muito bem!!!
PArabens!!!

Rafael Belo disse...

Obrigado Kêzia, esteje sempre por aqui rs ótimo fim de semana bj