segunda-feira, outubro 08, 2012

Entrega


Entrega
Atenção imagem não modificada
Por Rafael Belo
Este passo ausente no ar entre um lado e outro de uma ponte quebrada provoca reações adversas e contraditórias a nós humanos. Maravilhosos ápices e abismos da capacidade de ter vários sentimentos ao mesmo tempo. Arrebatado e abatidos. Felizes e entristecidos. Os olhos podem estar lacrimejando, a cabeça baixa, mas a certeza de estar no caminho certo enche o coração de uma alegria avessa a todo o sentimento carregado no corpo. Todo este nós se potencializa quando há a entrega. Mas a oposição deste verbo confunde muitas mentes pseudo-sãs.

Entregar costuma vir a ser desistir mais a estar por inteiro na feitura das ações. Começa por entregar a personalidade a moldes midiáticos, segue por seguir às cegas qualquer tendência e fica em uma conclusão depressiva de ciclos estéticos e financeiros a terminar em uma esquina para começar na próxima. É um entregar a vida a dois pesos e duas medidas diante da balança manipulada pendendo para o benefício único. Aí neste cair constante mora a liquidez e inversões de valores, onde quem vive o avesso é o coitado.

Acreditar no seu fazer diário pode ser mais recompensador a necessidade financeira em si. Afinal, são necessidades imateriais o alimento da alma, esta a nos fazer brilhar os olhos e acender os sorrisos. Crer apesar dos erros, das perdas, das enganações, das traições, dos desmerecimentos, das desconfianças... Apesar de tudo há o amanhã. Há um amanhecer pronto para pintar um novo dia neste quadro chamado nós. Mesmo com o medo da dor de dar errado. Mas quem foi que disse ser necessário sempre acertar? No fundo sabemos não haver acertos sem erros. Ações provocam reações, mesmo se forem silenciosas.

Nossa responsabilidade com a nossa fé, com nossos iguais, com quem amamos fica perdida se não assumimos a postura pregada por nós. Porque sim temos sentimentos contraditórios, mas está aí a razão, esta a nos fazer animais racionais para não contradizermos nossas falas e ações. Esta a permitir uma análise para tomarmos uma decisão. E esta a nos levar também a entrega. Completude em cada ação vale muito. Vale além de papéis, de moedas, de plásticos, de tecidos, de borracha... Ser pedaços espalhados acaba por ser remendos de você. Mas onde você está? Por isso, prefiro me entregar.


3 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom..tenho orgulho de voce!

La Sorcière disse...

Vc é ótimo! Seus textos me enchem de esperança e me fazem parar e refletir! Adoro!

Rafael Belo disse...

Obrigado anônimo rs;

Vc que e ótima lele. Que bom terem este efeito. Te agradeço muito.