sexta-feira, agosto 12, 2016

Perdida (miniconto)



Pérola estava perdida há horas naquelas ruas escuras. Ela nem sabia mais se estava no mesmo bairro, na mesma cidade, seria o mesmo planeta? Não, ela não é uma má motorista, pelo contrário Pérola é piloto de testes da Fórmula 1, enfim achava ser uma chance muito remota do mundo machista abrir espaço para ela disputar os Grandes Prêmios já que apenas cinco mulheres o fizeram de fato e só Leila Lombardi chegou a pontuar... Bom, Pérola estava cansada, a vista focava coisas diferentes...

Tenho que admitir: Estou perdida. Dói, mas ainda bem... Estou sozinha! Isto é realmente bom? Homens se perdem o tempo todo e beleza, mas mulheres se perdem uma vez e são barbeiras, blábláblá, um perigo e blábláblá... Preguiça de conversar até comigo mesma sobre esta besteirada ainda mais agora... Bem poderia ter sido antes... Beeemmm antes!  Anos de noivado, moramos juntos, casamos e aquele desgraçado! Uma mensagem no whats! UMA MENSAGEM NO MALDITO WHATS...

A palavra mais clichê do universo odiada por 20 em cada 10 mulheres: “tenha calma”... Hum... “Ele merecia” pode desbancar “tenha calma” a qualquer momento e a bandeira da “ódiolândia” vai subir quando a medalha de ouro for conquistada por mérito... Qual seria a música? Claro Ódio da banda Luxúria... É realmente meu castelo caiu, eu cai e estou aqui, mas não vou mais alimentar este ódio, nãonãonãonãonão... Meu estômago dói só de pensar na medalha de bronze “foi melhor assim”...


Por que todo mundo sabe o “melhor” pra gente e a gente não? Quando vou ter coragem de contar para todo mundo, heim? Já não basta minha dor ainda tenho que aguentar a opinião dos outros, a fofocaiada pelas costas, as perguntas... “Sério?!” ou a pior “tem certeza?!”... Aiai quando minha irmã souber... E meus irmãos... Pior vai ser quando meu pai souber... Hum... E minha mãe que gostava mais dele que... Ah, que vontade de gritar todos estes palavrões que você aí conhece... Quanto tempo isso vai durar? Se soubesse seguir só em frente não me perderia nestas ruas escuras... Meu celular acabou a bateria... Droga! Estou perdida!

2 comentários:

Maria Belo disse...

O ser humano,em geral,preocupa-se muito com o que o outro pensa!infelizmente!muito bom!

Maria Belo disse...

O ser humano,em geral,preocupa-se muito com o que o outro pensa!infelizmente!muito bom!