quinta-feira, junho 13, 2013

Plural

Plural


Sem asas a terra voa de mão em mão
como se a imaginação lenvantasse e o sonho se alimentasse um pouquinho
como se o umbigo mudasse para um lugar tão diferente e pertinho

ninho de quem chegar e plantar a força
na terra-moça até então

antiga paixão pela interminável extensão do conflito
grito de poeira acumulada por toda a estrada do caminho

cheio de olhos, provisórios senhores do destino percorrido

sentados na beira, improvisado meio da limitação
pintando de guerra com carinho a situação de quem quer mais do que estar sozinho.


Às 17h50, Rafael Belo, quarta-feira, 12 de junho de 2013.

6 comentários:

José María Souza Costa disse...

Olá.
Boa tarde.
A Pátria, é uma escolha de sentimento.
Abraços.

Anônimo disse...

Verdade...Parabéns! mamys

Dora disse...

Oi, Rafael! Saudades daqui também. É, os conflitos da vida. Quem não os têm? E às vezes as respostas são tão simples e inesperadamente previsíveis ;)

Rafael Belo disse...

É isso Zé não importa a origem a pátria é uma escolha

Rafael Belo disse...

Obrigado

Rafael Belo disse...

Totalmente Dora espero que não suma mais, Bj rs