quinta-feira, março 11, 2010

Eterno novo

*esta tirei de bobeira pela luz e pela textura e pelo ócio do tempo
Sol brilhe intenso sobre os tensos rostos da manhã
de raiados poetas adormecidos entorpecidos pela vida
reconhecidos na manha sã pretensa de se descobrirem
na janela aberta admirada de ti a invadir um sorriso

versado na rima de diluir a pele transpassada de motivo
para ser arrepio preciso de deleite na beleza de enxergar
em sentidos os corações guardados da alma do mundo a fluir
nos nossos nós fluentes parentes da redenção latente a revelar

entre os crepúsculos da alvorada e do ocaso nosso caso exposto ao dia
nosso fato exposto à noite em nosso sonho de se rebelar a arrebentação do novo eterno de se entregar.


09h30, rafael belo (folha de outono) 02 de março de 2010.

6 comentários:

Mai disse...

Não sei se a poesia entorpece mas a fotografia vicia e é bela.
Belo, tu tens alma de fotógrafo.
Cinema, sei lá qual é mas teu olho capta, como dizes "de bobeira" e mesmo assim fica uma maravilha.

Belo texto!

La Sorcière disse...

Rafa:
Adooooro quando vc brinca com as texturas e a musicalidade... e faz tudo virar poesia...
Lindo demais rafa, amei!
Beijo grande
Alê

Déia disse...

Que venha o sol, o dia e alegre nosso dia!!

bjkas

Celsina disse...

Rafa!! Adoro suas viitas, vc é um fofo =)
Ameii a foto, nem preciso falar do texto né... Ele é belo ^.^

Beijão!
Cel.

Naty Araújo disse...

E que sempre venha o sol para iluminar nosso dia... E o brilho das estrelas para nos deslumbrar numa bela noite de descanso e reflexões.

Bjos, Rafa... Ótimo dia pra vc.

Rafael Belo disse...

A poesias da imagem é um captar única, Mai e há de se estar livre de "bobeira" para tradução hehehe Obrigado pelas palavras querida. bjs

Lelezinha, Adoro tua impolgação bela hehege muiiito agradecido por ti ser quem é. bjs

Que venha a vida nova de nova, lindíssima noiva Déa. :Dbjs


OOn Celzinha amada. obrigado viu :D adoro suas visitas tb, fazem falta :D bj

"Agradicido" Natynha bela. descanso e reflexões em forma de beijos...