sábado, março 13, 2010

Um gole de absinto

8 este era os fundos do meu antigo emprego devedor, havia de se caminhar entre uma pauta e outra e claro tirar fotos como esta.

Guinados a trajetória de um roteiro coletivo há o grito do indivíduo
dividido entre sonhos e capitais guinchados da parada proibida
na garagem de um emprego qualquer espelhado do mal-me-quer
da manada silenciosa da multidão clicada na palavra embriagada de estabilidade,

instável mental do tremor das mãos calejadas de incoerências linchadas
pela insônia sonâmbula de um futuro melhor marcado pelo suor sangrado
do correr da veias diárias nas vias sedentárias entupidas de veículos a mais
engarrafados na bebida mágica social dos bares da vida inchados de palavras vagas
e silêncios ocupados gripados da virose dos relacionamentos de oi e tchau,

alterados pela sobriedade mórbida de conviver com a dor, até precisar deixá-la por um gole de raciocínio.

Às 14h36, rafael belo (folha de outono), 02 de março de 2010.

12 comentários:

La Sorcière disse...

Oi Rafinha querido!
Saudade de falar contigo no MSN...
Adorei a foto, amei o texto,
Bjks Alê

Jamylle Bezerra disse...

Adorei o "gole de raciocínio"!

Bom fds querido!!!

Rafael Belo disse...

É Lelezinha não a vejo mais on ou serei eu que pouco on estou? hehe Obrigado pelo carinho bela querida. bjs

Pura ironia Jamy! hheheh obrigaduu bjs bom fds pra ti tb.

Mai disse...

A foto me deixou em dúvida se era um espelho d'água ou o céu.
Rafael, muito grata pela indicação do selo e pelas belas palavras que sempre me direciona.

muito carinho.
tô levando cópia.

Te devendo uma visita ao novo blog.
qualquer hora apareço.
beijos e bom domingo!

Naty Araújo disse...

Realmente esse "gole de raciocínio" ficou fantástico Rafa.
Além da sua criatividade nas fotos, que essa em demasia é incomparável, o céu refletindo nas águas, Belo (vc) ficou belo (a foto) rsrs.

Rafa, amei o presente. Obrigada... Amei mais ainda: "a mais meiga e domadora dos sentimentos". Será que é tudo isso mesmo? rrs.

Um grande beijo, Belo (rsrs) e um gole de ternura.
Vc é adorável, meu caro.

Barbara Bastos disse...

Bom, bom, bom...nem sei por onde começar...
Vamos lá: A foto deste post é tudo de bom!!!
Mas não é só isso. Que gole de absinto foi esse menino? Estou até embriagada pelas tuas palavras.
Amei!!!
Vou te seguir.
Passa lá pra conhecer minha "casa"
bjs

nataliakochem disse...

gostei demais
o poema é rapido... tem um ritmo muito legal.
lendo quase se perde o fôlego...
raciocinios linkados, indo, indo, indo, concluindo.
Amei, amigo!

Mônica disse...

Eu tb quero um gole de absinto, pois estou embriagada de litros de raciocínio...rs

Olha eu aqui comentando, querido! Fui só tomar um banho pra refrescar pq o calor aqui está insuportável.

Obrigada pelo selo.

Beijos, beijos.

Tathy Panziera disse...

Nossa. que texto melancólico. Senti o drama.

Falo mais contigo no msn.
[Já percebue que somos socialmente inquietos?]

Psicólogos já!

bju

Rafael Belo disse...

Mai querida ilustríssima. Sempre que passava pela piscina procurava esta foto até encontrar ehehhehe o novo blog está ligeiramente abandonado hehe E é uma honra poder indicar-te bjs.

Adorada adorável Naty. EU é que agradeço sua presença sempre, bela. o destaque pra mim é a estátua que dá o quê de raciocínio hehe. bjs caríssima.

Bar que belo blog você tem... Sigo-te tb, obrigado pela visita e pelas palavras é sempre bem vinda. bjs.

Amada Naty. Vc pegou o ritmo dos versos, muito bom querida. A reverencio e beijo lhe os pe´s. beijos.

De nada Nikinha do coração. Por isso "imprimi" este ritmo na poesia para embriagar ehehe de puro raciocínio... Eu preciso de um banho já já tb hehehe beijos entorpecentes.

Melancólico Tathy? Não hehehe bom minha amiga, não suma mais hehe te ligo bj.

Déia disse...

Oie...
Ai como amo suas fotos...

Sou mais ficar sóbria e resolver um problema, do que me embriagar e ter 2 para resolver rs

bjkas

Rafael Belo disse...

Taí um gole de raciocínio Déa linda! heheh obrigaduuu bjs