quinta-feira, julho 13, 2017

dez vezes além




não sei se a liberdade seria livre sem o rock’n’roll
suas misturas metálicas simplificam tudo que já se criou
arrebenta as portas da censura nos faz novas criaturas
jaz correntes dedilhadas pelo vento acabam com o status quo

toca rimas sem rimar dá razão as desrazões nos ensinam a lição de libertar
na melodia invasiva desaharmoniza para harmonizar dá voz a exclusão
atitude rock’n’rol é extravazar não deixar preciosismos macular é derrotar o Grande Irmão

desafio questionar a vida de ovelha a balir e saltitar
quem de fato é livre sem se posicionar? vamos proferir o pensar

escute a batida da bateria do coração capaz de carregar dez vezes além de qualquer peso da mais fértil imaginação.


+ às 09h34, Rafael Belo, quinta-feira, 13 de julho de 2017 +

Um comentário:

Maria Belo disse...

....escute a batida da bateria do coração....! Muito bom!