segunda-feira, dezembro 18, 2017

Não esconda nada






por Rafael Belo

Ah, nossa teimosia diária! Vive nos extremos. Já assumiu que esconde as coisas ou só usou o eufemismo “não queria preocupar ninguém” ou, então, “é só do meu interesse”? Não resolvemos nada definitivamente sozinhos. Mesmo as coisas mais pessoais só podem nos parecer corretas quando compartilhadas ao menos com uma pessoa. Guardar sentimentos, ressentimentos e tantos experimentos mais causa muitas doenças psicossomáticas e o próprio corpo desenvolve algo nocivo a nós como o câncer... Se dê uma chance de viver, de mudar, de crescer, até as árvores enraizadas mudam e seguem crescendo suas raízes, galhos, folhas e frutos.

A imutabilidade das árvores é só aparência. Tudo pode parar se você acreditar não ser possível fazer nada. Não esconda nada! Só você perde com isso. O medo só afeta a nós mesmos... Não! Isto não é verdade. Afeta todos que se preocupam com nós. É egoísmo. Querer transformar em inevitável o evitável é inconcebível. Até tornar-se inevitável. Quantas pessoas morrem pelo silêncio? As mortes silenciosas acontecem diariamente e a gente nem percebe. Esta modalidade de focar em si, de elevar a si, de voltar-se a si, do potencial do eu exagerado está equivocado gerando uma nítida solidão palpável e o oposto também.

Há um meio termo, há um equilíbrio e sem equilíbrio fazemos algo próximo de sobreviver. Esta sobrevida contém um marcapasso falho em uma corda bamba elaborada na construção mais alta do planeta em meio a torrencial tempestade e ventos acima de 100 quilômetros por hora. Lá estamos nós... Esconder as coisas não é proteger ninguém, não é poupar coisa alguma é uma espécie de afastamento e conformidade ainda não admitida, mas exercida com uma excelência assustadora.


Não há porque esconder nada, a não ser... Ser responsabilidade de outra pessoa, sobre outra pessoa. Você pode dar os sinais, mas cabe a ela revelar este ácido que ela passou a beber no lugar da água, esta desidratação passada a ser vendida como hidratação. Mas, às vezes é só o coração que não aguenta tanta pressão por tanto tempo mais. Obstruções começam a surgir e a gente a negar. Então, quando não os acessos se interrompem... Vão-se sangue e oxigênio para concluir com um fim desnecessário. Se dê uma oportunidade de viver, dê uma chance de revelação.

Um comentário:

Anônimo disse...

Hum